Acesse!

Novo Layout + Dicas de Leitura: Depois de um bom tempo sem atualizações, estamos de volta com um novo design e algumas dicas bem legais para livros.

Clique aqui para ler o post

Em Breve!

Inspire-se: Minhas It Girls Favoritas! Escolhi algumas das famosas que mais me inspiram na hora de me vestir para mostrar à vocês.

Clique aqui para ler o post

Em Breve!

30 Tatuagens que eu faria! Gosto muito de tattos e decidi pesquisar algumas fotos bem legais de algumas que eu faria e que podem inspirar vocês também.

Clique aqui para ler o post

Widget

Widget

1 de abr de 2013

Desvalorização da mulher brasileira, até quando?

Hey, angels :) What's up?


Fiquei extremamente feliz ao saber que gostaram do novo layout. Achei que vocês não iriam curtir, porque estavam acostumados com os meus designs monocromáticos. De qualquer forma, da próxima vez quero algo bem mais clean... Tenho até umas ideias em mente. Enfim, vamos direto ao assunto?
O post de hoje vai mostrar o quanto sou desatualizada, [risos]. Fui descobrir que certo caso aconteceu apenas dia 30 e só hoje pude tratar sobre esse tema com vocês. Mas não será só sobre a desvalorização da mulher nesse tal caso, mas também no geral. Vamos lá? Sigam-me os bons!


Todos sabem que a maioria dos bailes funk não são o melhor lugar para procurar respeito. Peço desculpas, mas é a mais pura verdade. Mulheres quase nuas, músicas cheias de palavrão e danças exageradas.
Pois bem. Eu estava vendo um canal no youtube que gosto muito, o Invento na Hora. O vlogger publicou o vídeo abaixo:


Esse vídeo fez com que eu descobrisse algo que aconteceu em um show de um tal MC Magrinho. Só descobri quem era o tal ao assistir o Lucas, mas tudo bem. Algo deplorável aconteceu no baile em que esse MC Magrinho se apresentou:


Fiquem tranquilos, tem tarjas pretas cobrindo qualquer coisa que não deveria estar à mostra.


Na hora pensei que foi uma falta de vergonha na cara generalizada: do MC e seus dançarinos, da mulher que se sujeitou a isso e do público, que continuou lá aplaudindo e incentivando.
Tudo bem, a moça tentou evitar que suas roupas íntimas fossem tiradas, mas antes estava completamente à vontade com homens levantando seu vestido para que todos pudessem ver. E logo depois também, fazendo danças que simulam atos sexuais.
Se antes o funk era chamado de filme pornô para cego, acho que agora é para todos, inclusive os que não possuem nenhuma deficiência.


Peço desculpas aos fãs e pra quem gosta desse tipo de música, mas pra mim isso foi uma falta de respeito imensa. De todos para com todos. Geralmente costumamos respeitar quem merece e quem se dá ao respeito, certo? Será que tem como respeitar e admirar um estilo de música dessa forma?
Sei que não são todos os MC's que fazem isso. Assumo que não existem palavrões em suas músicas, mas também não tem o mínimo de conteúdo. De qualquer forma, não quero falar sobre o funk. Essa é só a minha breve opinião, ninguém tem que concordar com ela. O fato é...


... Até quando as mulheres brasileiras continuarão sendo tratadas como objeto? Ou melhor, até quando as mulheres vão autorizar esse tratamento? Onde estão as garotas de opinião? As moças que lutam pela igualdade perante à todos na sociedade?
Nós não merecemos essa atitude vulgar, ora essa! Somos independentes, fortes, decididas. Mas que pouca vergonha é essa? O que leva um ser humano a deixar que uma situação dessa ocorra consigo próprio? Repito: ela não estava querendo que suas peças íntimas fossem arrancadas, mas estava totalmente bem com seu vestido sendo levantado e com as danças insinuantes. Aliás, aquilo foi mais do que insinuante. Foi praticamente o ato.
Fiquei com vergonha de ser humana, brasileira e do sexo feminino, sinceramente. Posso parecer exagerada e dramática, mas com a quantidade de casos desse tipo ocorrendo cada vez mais... Será mesmo um exagero?


E o que mais me incomoda é que isso tem sido visto como normal para todos! Ah, uma mulher tirou a roupa em um baile funk? Normal. Tiraram a roupa de uma mulher em um baile funk? Comum.
Fico pasma ao perceber que isso tem feito parte do conceito de usual para as pessoas, daquelas que estavam dentro do baile até as outras. 

Isso é certo? Acham esse tratamento correto? Quem estava errado: o MC e seus dançarinos ou a mulher?
Contem pra mim!

Ah, trouxe um utilitário à pedido de uma leitora:


Se quiserem conferir, é só clicar aqui.

Bom, por hoje é só.
Espero que tenham gostado.
Beijos,

Mrs. Nightshade.

51 comentários:

  1. Ameii o post beijoos
    Garota Impiedosa :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que gostou >.< O que achou da situação? ;3

      Beijos!

      Excluir
  2. Olá, Mrs. Nightshade!

    Pois bem, acredito que não podemos dar valorização, nunca. As mulheres brasileiras são muito assanhadas, só pensam em besteiras, e não se aguentam em pegar qualquer homem da rua. Por favor, eu sou contra a valorização desse tipo de mulher, claro, existem todas aquelas mulheres que sabem respeitar, sabem o que é certo, e o que é errado, sabem que se vão em um baile funk elas não vão ficar se mostrando com mini shorts e com mini blusas que parecem mais um sutiã ou um top.

    Essa é minha opinião. =S
    Beijos, Sweetie Coconut!! << Post de aniversário! -D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Concordo com você. Acho que devemos todos nos respeitar, mas é realmente mais verdadeiro e correto respeitar quem se dá ao respeito e quem merece ser respeitado.
      A mulher se sujeitou a subir no palco, estava absolutamente bem com as danças eróticas e com dançarinos exibindo seu corpo. E então, eles continuaram forçando.

      Beijos!

      Excluir
  3. Eu só descobri isso agora e fiquei indignada. Ok, a mulher foi errada também, mas e os dançarinos? Foram MUITO errados. D:
    Sem drama, mas isso me da vontade de morar na França, bem longe do Brasil. o_o Acho que o funk sempre desvalorizou as mulheres, é sempre alguma atividade que faz a mulher virar um objeto. É triste o mundo em que vivemos, um dia ainda espero resolver o mundo em que estamos. Eu sou feminista, e tanto quando vi um vídeo idiota no youtube falando mal de mulher, eu e minha amiga começamos a xingar ele. .-.
    Que país é esse? É a porra do Brasil.-q
    Beijos, Blog da Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Já eu penso que a culpa é de ambos igualmente. A mulher estava lá, se sujeitando ao papel, se esfregando, simulando atos sexuais e tendo o corpo exibido para todos. Logo depois, os dançarinos forçaram algo que ela não queria. Tiraram uma peça íntima dela, algo que tentou evitar.
      Concordo com você. Não consigo ver isso como música. Os que não tem palavrão, também não tem conteúdo. Os que tem conteúdo, é apenas obsceno. Poxa vida! Realmente triste.
      Você também é feminista? Estamos juntas nessa o/ Pois é, é a porra do Brasil.

      Beijos!

      Excluir
  4. Eu continuo repetindo: Cadê a ordem e o progresso, Brasil?!
    Sinceramente, isso não foi uma falta de respeito, foi totalmente normal! Ela mesma autorizou e eu apoio isso!
    1º de Abril!!
    Ok, não é hora de brincar, mas...
    To sem saco pra falar disso agora, mas, só digo uma coisa:
    Falta de respeito, a gente se vê por aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Achei que estava falando sério .-. kkkkkkk
      Falta de respeito generalizada! De todos os lados! MC's, dançarinos, mulher, público... Poxa vida, viu?

      Beijos!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Dessa vez -me desculpe- não pedirei para ser sincera.
    Sim, porque sempre começo dizendo: "Posso ser sincera?"
    Só acho que dessa vez não é necessário pedir.
    Pois se trata de um assunto extremamente sério, então eu
    irei dar minha opinião sincera de qualquer maneira, afinal.
    Vamos começar pelo inicio...
    O funk JÁ FOI muito bom. Com o Latino, Buchecha etc.
    Eu simplesmente amo as batidas do funk, tem um ritmo muito bom!
    Mas com o passar do tempo, as pessoas confundiram música com pouca
    vergonha!
    Música, antes de mais nada, é uma arte!
    E arte não é sair por aí falando palavras ofensivas, desqualificadas e
    sem contexto.
    Sei que nem todo Funk é assim, mas infelizmente a maioria é.
    Claro que na música devemos nos expressar, transmitir para as pessoas
    os nossos sentimentos.
    O Rap, por exemplo, é um ótimo estilo músical (mas há controvérsias,
    também existem Raps de mal gosto)!
    Agora, vê se isso é coisa de se colocar numa música: "Bate o bumbum na
    água, bate, bate!" .
    Francamente, essas músicas devem servir de refúgio para os que querem
    suicídio!
    Podem dizer que sou brega, que não tem nada a ver, que funk é isso e que
    funk é aquilo, EU. NÃO. LIGO.!
    Sempre deixei claro que não temos direito de julgar o estilo musical
    do próximo. Mas, se a música contém coisas ofensivas ou
    qualquer coisa do tipo, NÃO HÁ DÚVIDAS
    de que não é uma música de qualidade! E aí podemos julgar sim u_u'
    Bom, agora analizemos o ocorrido...
    Primeiro: Se as pessoas têm consciência de o que é música de qualidade,
    elas saberão o porte do lugar no qual estão indo, certo?
    Segundo: Se a pessoa sabe que o lugar é "ruim", e mesmo assim
    vai, ela também seberá que se pode encontrar de tudo!
    Terceiro: Ela já sabe o que é bom ou ruim, já sabe o nipe do
    local onde ela está, e ainda sim tenta aparecer...
    OU ELA QUER TER FAMA DE VAGABA, OU ELA É MUITO BURRA, sendo assim,
    ela perde a razão de reclamar!
    Então já deve saber minha opinião sobre a tal mulher, certo?
    Bem, os dançarinos já têm cara de Safados.
    Por fazer movimentos obsenos e se comportarem de tal forma,
    já são totalmente desvalorizados.
    Sendo assim, acho que estão acabando tanto com a moral das mulheres, quanto
    com a dos homens.
    A plateia foi simplesmente covarde!
    Eu, se estivesse lá, chamaria a polícia na hora!
    Isso não é ser dramática, exagerada, ingênua, sem noção nem nada!
    Isso é ser realista e justiceita! Isso é querer defender
    o seu país e os habitantes dele, isso é querer, principalmente,
    defender a SUA reputação!
    Sem dúvidas ambas as pessoas (plateia, dançarinos e a mulher)
    foram desprezíveis.
    Fico triste em saber que ainda existem pessoas assim, que cavam seu
    próprio buraco... Sim, porque fazendo isso com o Brasil, estão
    fazendo o mesmo com eles, afinal, são brasileiros, certo?
    Amo o Brasil e me orgulho muito de ser brasileira!
    Não é por causa de sujeitinhos como estes que sentirei vergonha
    de mim e de meu país, isso é fato!
    Gostei bastante da postagem, e acho que superei o record de maior comentários né?
    kkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas emfim, espero que tenha me entendido.
    Beijos!
    -Gaby

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Nunca que vc vai bater meu record, por que meus comentarios não são só compridos, são também largos, o/
      kkk

      Excluir
    3. Mas poxa vida, estou apenas brincando, não disputo tamanho '-'
      Seu comentários são bem melhores do que o meu, não vou e nem quero tomar o seu lugar, desculpe '-'

      Excluir
    4. Olá! Latino? Por favor kkk Sinceramente, funk de qualidade foi James Brown e o pessoal do estilo dele. O resto? Nada a comentar.
      Isso nem é o pior. "Ela dá pra nóis que nóis é patrão", "Mama eu e os amigos" (do próprio MC Magrinho, agora que pesquisei sobre o cara), "A porra da b#ceta é minha", "Tô doidinha pra te dar", "Ai Negão tô com o c# pegando fogo".
      Isso não merece ser chamado de música!
      Todos estavam ovacionando, aplaudindo. A mulher se sujeitou até um ponto, depois começaram a forçá-la... Não dá nem pra dizer quem era o errado. Todos estão. Estão acabando com a moral dos brasileiros, dos humanos. Pois eu já sinto, porque orgulho nunca esteve presente. Poderia sentir na época do Raul, do Cazuza, do Renato, das feministas de verdade... Agora? Nunca!
      Entendi sim ^.^

      Beijos!

      Excluir
    5. Asdfgasdfg Seus comentários são bem largos e divam >.< kkk Mas acho que vocês duas estão brincando e tal, certo? O.o
      Então bora lá o/ kkk Vocês duas comentam bagarai o/ kkkk Amo isso >.<

      Excluir
    6. kk é claro que to brincandoo, kk o/
      sorry, kkk

      Excluir
  7. Véy nem tava sabendo disso, affs, que puta sacanagem, sabe eu sempre digo que se voltássemos ao regime militar no Brasil iríamos todos morrer sendo escravos do governo por que a nossa geração é uma pouca vergonha, apóia o que não tem que apoiar, são tudo um bando de Maria vai com as outras, segue modinhas fúteis e idiotas, na boaa os jovens brasileiros, esses de 20 anos pra trás são tudo um bando de FILHOS DA PUTA(não todos só a maioria), que não tem cérebros, que ao invés de irem estudar tão no face vagabundando, affs, na boaa, esse mc magrinho é um filho da puta, alias nem a maior puta do mundo merece ter um filho igual a ele.
    Depois me perguntam: Nossa por que a maioria das coisas que você curte não é brasileira?
    é por isso ai, a musica brasileira ja foi muito boa, isso no tempo de Cássia Eller, Cazuza, Renato Russo, nesse tempo era bom, mais agora, basta um filho da puta criar uma riminha besta, sem nada de bom a oferecer, e de repente ele ja ta ganhando milhões, morando em uma apartamento melhor que a casa branca, e tudo a custa desses ótarios, bestas, e idiotas, que pagam pra ouvir musica sem conteúdo, na boa, até video porno é menos imoral que a musica brasileira, esses dias fui a um aniversário, isso é raro, por que sair de casa não é a minha, mais enfim, começou a tocar uma musica la na festa dizendo assim:
    Eu te puxo e tu me lambe, e uma menina de 7 anos, tava dançando essa musica, e ela arrebitava aquele cu magro dela, e rebolava, gente pelo amor de deus, eu na idade dela tinha preguiça até de abaixar pra pegar um lápis no chão, e ela subia e descia, e é isso que estamos passando pra geração futura? È melhor morrer do que ver um bando de filhos puta, desgraçados, burros governando o mundo.
    E não eu não tenho mais nada a dizer.
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! PUTZ, TU TIROU AS PALAVRAS DA MINHA BOCA <3 Concordo demais contigo!
      É exatamente assim! As pessoas são vão no que parece ser "bacana", porque tudo o que é depravado parece ser o legal de atualmente. Que porcaria está acontecendo? Todo mundo tão fútil e superficial! Onde estão os poetas da música? As feministas de verdade? As mulheres que se dão ao respeito? As pessoas que respeitam as mulheres?
      Então né, não tem nem o que ter dúvida! O motivo é óbvio! E ainda, na época da copa, querem forçar falso patriotismo para cima de nós. Por favor.
      Eles não valorizam mais a arte, não valorizam livros e educação. Valorizam bunda e pênis. E as pessoas ainda se julgam muito inteligentes e nada alienadas. São só bonecos do sistema, pessoas sem opinião própria e que pagam para consumir cultura inútil!
      Se as coisas não mudarem logo, o mundo estará perdido. Não vemos conteúdo, vemos falta de respeito e depravação. Eu ainda não sei a diferença de menta e hortelã e as meninas de hoje em dia descem até o chão! Que merda é essa?
      Tipo, cara, é exatamente assim que penso. Não tenho nem o que complementar.

      Beijos!

      Excluir
    2. Laaaaaaaaaaaaaane o/
      Desculpa flor, sou burra demais para designar a brincadeira da má educação '~'
      Desculpa :D

      Excluir
    3. è por isso que admiro os americanos, eles são bem mais patriotas do que nós,

      Excluir
    4. E eles meio que tem um motivo, apesar de tudo.

      Excluir
    5. Mesmo eles tendo seus pontos fortes eles tem seus pontos fracos, eu vejo mais coisas de bullying lá do que aqui no Brasil.

      Excluir
    6. Pelo contrário, o bullying de lá é só mais escancarado.

      Excluir
    7. Realmente.
      Você ainda não respondeu meu comentário abaixo, rsrs.

      Excluir
    8. Lauraa, ppleasee, to chorando muito, acabei de ver um video, e tipo
      meu deus, num sei se vc ja viu, mais caso ainda não tenha visto, veja, vc também gaby
      http://www.youtube.com/watch?v=gikbgGOE5II

      Excluir
    9. Meu anti-vírus bloqueia :C
      Ei, laurinha, posta na Ask pra nóis \o/

      Excluir
    10. Já vi sim, acho que já até postei nos meus debates sobre bullying e cyberbullying. Isso me afetou demais.

      Excluir
    11. É o vídeo da Amanda Todd que postei tem um tempo o/ Vou postar lá o/

      Excluir
    12. Eu já vi faz um tempo (um bom tempo), quase na época em que ela se matou. Assim como o da Jade e o da Olivia. São vídeos muito tristes, realmente. Existe um motivo pra chorar, sinceramente existe.

      Excluir
  8. Também não tava sabendo disso, eu simplesmente não gosto desse tipo de música e aquela Chica Égua? É uma porcaria músicas do tipo "não vou comer as velhas, só vou comer as novas" da até medo anda na rua com pessoas que escutam esse tipo de música, que mundo é esse que uma mulher só serve pra aquelas coisas, mulheres tem que se dar o respeito.
    Você ficou sabendo de uma mulher que subiu no palco em um show dessa tal chica égua e botou a boca dela naquelas coisas do cantor?
    O que podemos esperar de um mundo assim? Afinal, a gente não. O que a sociedade espera de um mundo assim? Hoje em dia os prefeitos levam é essas músicas a sua cidade, como eles acham que uma pessoa vai se dedicar aos estudos para se uma pessoa na vida se sabe que quando crescer pode e em um barzinho dança e ganhar dinheiro? Pessoalmente acho que isso que eles querem para o Brasil, ver mortes (pq essas coisas trazem a morte), fica praticamente em último lugar no negocio de educação no mundo, etc.
    Cara, na minha escola só ver menininhas falando de namoro, da vontade de chegar pra ela e pergunta quanto ela tirou na prova dela e pergunta se é pensando em namorado que ela vai tirar boas notas e no futuro ir para uma boa faculdade para da orgulho pra sua mãe, pra avó, pra tia, pra prima, pra madrinha, pra todos.
    As pessoas chegam pra mim e fala "Rafaela, que tipo de músicas você gosta?" e eu respondo alguns e falam "Você não ouve funk não é? Pesei que todo mundo gostava". Poxa, gostar de música que só fala porcaria? Por favor né? Vão lavar uma louça.
    É melhor eu terminar o comentário se não dobrava a noite falando sobre isso.

    ~~ PC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops, esqueci.
      O layout está lindo, na minha opinião deu mais vida por blog. ^^

      Excluir
    2. Olá! Não consigo gostar das músicas atuais brasileiras. É um tal de sexo ali, desce aqui, sílabas sem sentido misturadas, falta de conteúdo... Antes não, antes era poesia. Era arte.
      Pois é, parece que todas as mulheres são objetos. Merecemos respeito, pelo amor de Deus! Além de merecer, temos que nos respeitar acima de tudo!
      Iiiih, não fiquei sabendo não o.O O mundo está perdido .-. Pra mim isso é atentado ao pudor, sem exageros u_u É bem isso mesmo.
      Pois é, penso da mesma forma. As garotas falando de beijar, namorar, ficar, pegar, dar. Cantando esse tipo de coisa. Valorizando a superficialidade. Adorando o fútil. Por favor, vão lavar uma louça \o/ kkk
      Ah, muito obrigada <3 Fico feliz que tenha gostado, viu? >.<

      Beijos!

      Excluir
    3. Haha, e elas falam "Você já beijo alguém? Ah não. Eu já." e "Tem música nova de funk, que bom." Realmente, o que pensar desse país? Desse mundo? E nossos filhos vão viver nesse mundo?

      Excluir
    4. Como se fosse um motivo de muito orgulho não respeitar sua própria idade. Temos que fazer essas coisas no nosso tempo! É erradíssimo apressar as coisas.
      Música nova de funk é "bom"? Poxa, que mundo é esse?
      Como diz Felipe Neto... "Botar filho no mundo é pedir pra se foder".

      Excluir
  9. Esse não é meu pais,senhor, oque eu faço aqui?
    QUE CARALHO É ISSO MERDA?
    Descobri isso agora no seu post, mas achei uma pouca vergonha do caramba. Pra mim, quem curte funk já não merece meu respeito, porque escutar essas frases e palavras que eles usam é demais.
    Agora, a guria vai lá se achar, e dai tiram a calcinha dela?
    Mesmo assim, que ela não quizesse, ela estava aceitando tudo numa boa, ah, vai achar oque fazer vai vagabunda.
    Enfim, não tem nem oque dizer, concordo com a Baby e com a Gaby.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heeeeey o/ Então não sou só eu que achei ter vindo parar no lugar errado .-. kkk
      Foi a minha reação. Que porra foi isso, dude? Sério? Gosto de respeitar tudo e todos, absolutamente qualquer escolha das pessoas, mas admito que tenho dificuldade nessa história de respeitar e ter educação com esse tipo de gente.
      Tipo, exatamente isso! Ela lá, se esfregando, simulando atos obscenos, aí dois caras tiram a roupa íntima dela .-. Não dá nem pra falar quem é o mais errado da história.
      This \o/

      Beijos!

      Excluir
  10. Acho que não tem ninguém certo, os caras não tinham o direito de despi-la e nem ela devia ficar fazendo essa baixaria que dizem ser dança, mas mesmo assim eles não tinham o direito, por mais que ela provocasse, os caras deviam ter tido bom senso e pensado perae. Se eles realmente estavam a fim de se pegar que fossem pra outro lugar. E além do mais eles fizeram isso, mas com certeza tinha pelo menos uma pessoa nesse show que foi ali pra realmente se divertir e que com certeza não queria presenciar nenhuma ato desse. Esse mc é um, nem sei se dá pra por isso em palavras, tanta gente aí tentando livrar o funk desses rótulos que ele possui e vai o cara e faz uma m**** dessa. Mesmo não suportando funk, acho que tem gente séria nesse mercado, que sofre muito por causa de caras que nem esse Mc. E sem contar cara, o desrespeito com a mulher, nojo desses caras. Ótimo post como sempre Laura
    senhorita rock=perfil

    ResponderExcluir
  11. Cara, primeiramente, eu simplesmente ri do tiozinho do vlog. Ele é muito engraçado. E concordo com tudo o que ele falou, ele foi simplesmente sincero e direto. Já virei fã dele.
    Segundo... O QUE AQUELA DOENTE FOI FAZER EM CIMA DAQUELE PALCO? Tudo bem, ela queria atenção e tal, mas como todos nós sabemos, o funk é uma merda, e traz consequências.
    Achei RIDÍCULO o fato daquela, desculpa, cadela ter subido no palco, mostrado a bunda dela pra platéia inteira (que pra mim são um bando de idiotas escutando pornografia auditiva). Foi burrice da parte dela também. Se ela quer se prostituir (que foi quase a mesma coisa que ela fez naquela joça de palco), porque ela não vai pra esquina??? Porque, como o tiozinho do vlog disse, ninguém que vai ao baile funk é obrigado a ver o intestino da desgraçada.
    Tá ok, ela errou de querer chamar atenção daquela maneira.
    Mas o que mais me revoltou foi esses desgraçados desses dançarinos ridículos que começaram a trepar com a filha da mãe de roupa!!!!! Simplesmente pegaram a doente como se ela fosse boneca e pronto... ferrou.
    MUITO RIDÍCULO. EU MORO NUM PAÍS ONDE A COMUNIDADE INTEIRA DE MULHERES É DESRESPEITADA POR CAUSA DE ALGUMAS FILHAS DA PUTA, SEM NENHUM PINGO DE EDUCAÇÃO E RESPEITO PRÓPRIO QUE AMAM SAIR DANDO NA RUA, COM O CÚ DE FORA SÓ PRA CHAMAR ATENÇÃO E TER SEUS MINUTOS DE FAMA QUE NÃO LEVA A MERDA NENHUMA.
    Calma.
    Esses cachorros magros aí pensam que só porque eles são homens, eles podem fazer tudo. Cara, tô revoltada agora.
    Ridículo da parte de todos ali. RIDÍCULO.
    Essas mulheres, se é que podem ser chamadas desse jeito, só vão ser respeitadas a partir do momento que elas se respeitarem.
    Eu, sinceramente, prefiro morrer do que fazer parte dessa geração perdida, drogada, que gosta de funk. Prefiro morrer, sinceramente. Não basta ser puta não, tem que usar short menor que a calcinha, blusa parecendo sutiã, cabelo PINGANDO CREME, chinelo neon. EU NÃO SEI O QUE ESCREVER.
    Funk legal de se escutar era Latino, onde não tinha essas merdas de "SOCA NELA" "PIRIQUITA PEGANDO FOFO" "SOCA NA NOVINHA" MEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS, COMO DEIXAM ESSES LIXOS SONOROS VAZAREM PELO BRASIL?????
    NÃO ENTENDO.
    TEM MAIS, PERA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Véi, eu nem sei o que falar porque o tiozinho mega legal do vídeo disse tudo. TUDO MESMO.
      Eu só não entendo como o Brasil quer progredir, crescer e seguir em frente com esse tipo de pessoa.
      Pessoa com merda na cabeça.
      Tá afim de ser rebaixada e humilhada? Vá a um baile funk.
      Quer ter três minutos de fama e depois queimar o seu filme pelo resto da vida? Vá a um baile funk.
      Quer sair beijando todo mundo numa só festa? Vá a um baile funk.
      Quer pegar AIDS? Vá a um baile funk.
      Quer pegar qualquer tipo de doença sexual? Vá a um baile funk.
      Quer se prostituir? Vá a um baile funk.
      Quer ser julgado pelo resto da vida? Vá a um baile funk.
      Quer pagar de pegador sem mesmo pegar nem gripe? Vá a um baile funk.
      Quer tirar a virginidade com o primeiro que você ver? Vá a um baile funk.
      Quer trepar com roupa? Vá a um baile funk.
      Quer ser obrigada a tirar a calcinha para o público? Vá a um baile funk.
      ENFIM, QUER SE APARECER E FERRAR COM A SUA VIDA TODA PAGANDO DE IDIOTA POR CAUSA DE UM "ESTILO MUSICAL" DOS INFERNOS??? Vá a um baile funk.
      MEUS DEUS EU NEM SEI O QUE FALAR.
      Desculpe pelos palavrões, é que quando eu tô brava eu falo mesmo uheuhe.
      Desse jeito, nem eu, nem você, nem ninguém nessa joça de país via ser respeitado.
      Já que não ganha o que quer em casa, vai procurar na rua, né. Mas isso não é nada demais pra sociedade brasileira. Até porque subir no palco e ficar com o cú virado pra um monte de gente idiota, depois trepar com roupa com dançarino e ser obrigada a tirar a calcinha e ainda por cima ser xingada depois, acontece todo dia. É completamente normal, e não vão fazer nada, até porque não é do interesse do governo. Porque se fosse do interesse deles, teria dinheiro. TÁ, MAS CHEGA.
      OS TRÊS ESTAVAM ERRADOS. Na verdade, todo animal ali tava errado. Porque que ao invés de fazer músicas pornográficas e "dançar" daquele jeito ridículo, não vai... Sei lá... Carpi? Vale muito mais.
      Uffa.
      Acabei, acho.
      Já deixei claro que odeio funk e odeio funkeiro, né? Pra mim funk deveria ser punido porque contém conteúdo impróprio para menores de 100 anos. Conteúdo impróprio, ridículo e retardado.
      Você, pessoa que escuta funk, vai arranjar outra coisa pra fazer porque eu tenho certeza de que você ganha MUITO mais.
      Pois é, foi mal pelo textinho e palavrões, eu fiquei brava uheuhe.
      Batom De Framboesa.
      E, ah, amei o novo design! Ficou show!! <3

      Excluir
    2. Olá! O Lucas é realmente muito divertido. Você chegou no ponto que eu queria, aparentemente: ela também estava errada. Não se respeitou, ela estava vem mostrando o bumbum para todos. E, logo depois, quando tentou evitar que algo acontecesse, foi forçada. A plateia ovacionou, o MC insistiu... Foi errado pra todo lado!
      Temos o direito de usar roupas curtas e sermos respeitadas por isso, mas a forma com que ela se comportou usando o vestido curto foi errada. Ela não se respeitou.
      Achei patética a atitude dos dançarinos, fazendo aquele tipo de dança.
      Depois, provavelmente, a mulher irá reclamar que não foi respeitada. Ela tem esse direito, porque usar roupa curta não a faz como objeto. Infelizmente a forma que ela agiu a tornou isso: um objeto sexual.

      "Hey, eu quero sexo, pra galopar, eu vou gozar a vida hoje em 24 horas" - Latino. Desculpa, não concordo kkk Quando as músicas dele não tinham insinuação sexual, não tinham o mínimo de conteúdo. Mas é a minha opinião, de qualquer forma. É patético ver essa atitude e esse estilo de música ser louvado pela sociedade.

      O Lucas falou tudo mesmo :D É um ritmo que desvaloriza a sociedade no geral! Desvaloriza o conceito de respeito, de humano, de bondade, de educação.
      É o que digo: temos sim o direito de usar roupas curtas. Temos sim que ser respeitadas por isso. Mas, pelo amor de Deus, se respeite antes! Se valorize!
      Achei que todos estavam errados, no geral. A mulher se desvalorizou no começo, os dançarinos a forçaram depois, a platéia aplaudiu e o MC incentivou. Considerei atentado ao pudor, desculpe-me sociedade u_u
      Mas concordo contigo em, basicamente, tudo ^.^
      Fico muito feliz que tenha gostado :D

      Beijos!

      Excluir
  12. Eu acho uma baixaria essas músicas de funk que falam sobre essas coisas, depois generalizam o funk, dizendo que tudo é ruim (por que a maioria é) e muitos acham ruim. Eu simplesmente me recuso a ouvir esse tipo de coisa, e o pior é que algumas mulheres gostam.♥

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Também acho, viu? Me recuso absolutamente. Considero uma falta de respeito, porque procuro me respeitar antes de tudo.

      Beijos!

      Excluir
  13. Olá não concordo nada com esse ato,as mulheres devem se tratadas com respeito,e não como um lixo como você disse somos independentes. Você perguntou que estava errado eu acho que e o mc e os dançarinos. Beijos Love for Animals

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Também não concordo. Não somos objetos! Mas, sobre o "certo e errado", discordo um pouco. Acho que foi um erro generalizado. A mulher estava absolutamente a vontade mostrando o bumbum, se exibindo. Ali estava seu erro. Poxa, por que não se valorizou? E então os dançarinos se aproveitaram, simulando atos sexuais frenéticos e retirando uma peça íntima dela. O erro deles está aí. O MC aceitou e incentivou que isso acontecesse em sua apresentação. A platéia continuou lá, pedindo e aplaudindo.
      Como disse, falta de vergonha generalizada.

      Beijos!

      Excluir
  14. Olá \o/ Eu nunca gostei de funk, mais sinceramente o ritmo é legal, pena que a letra estraga a "musica" por inteiro, Funk definitivamente NÃO merece respeito, até pq nem eles se respeitam, vi os videos e acho que, como a Gaby disse ^^ Todos estão errados(a vagabunda, a plateia pau no cu e os dançarinos de merda) desculpe o palavreado u_U Bom, primeiramente, oq aquela "mulher" foi fazer naquele palco? Acho que ela provocou os homens, ela estava mostrando praticamente tudo, aí pra piorar eles arrancaram tudo dela, vi que ela não queria, mais pra falar a verdade n vejo diferença, pq ela não tinha vergonha de ficar lá com uma calcinha miniscula, mais tinha vergonha se tirassem ela, n tem diferença nenhuma, bom, os dançarinos são muito fdp's além de tirar as roupas intimas da moça ainda estavam praticamente transando com ela, mais ela deixou, a plateia n fez nd, simplesmente assistiu, bom, todos estão errados, e pra mim esse estilo musical devia ser varrido da face da terra, principalmente pq já cansei de ouvir funk, tenho um vizinho fdp q coloca essa merda super alto no rádio, o unico jeito é ouvir Katy Perry no ultimo volume, beijos, ótimo post, e desculpe pelo meu comentário atrasado u_U

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Também nunca gostei. Não acho o ritmo bacana, sinceramente.
      Também acho errado. Ela foi se exibir e estava bem com aquilo. Então mostraram o bumbum dela, até aí "tudo bem" pra ela. Foi quando começou as danças sexuais frenéticas. Depois retiraram a calcinha dela. A mulher está no seu direito de usar o que bem entender, mas acho que deveria se respeitar e se valorizar. Não ter subido em um palco para ser tratada como objeto.
      Ela tentou evitar que retirassem sua calcinha. Mas já tinham puxado e então estourou. Os dançarinos estavam errados, assim como o MC que não os parou. A platéia só aplaudiu o desrespeito, aprovando que aquilo fosse feito. Uma falta de vergonha na cara generalizada.
      Katy Perry? Legal. Eu ouviria Iron no último volume, o efeito é melhor :p kkkkkkkkkkkkkkkk
      Sem problemas, comente quando puder ^.^ Fico feliz que tenha achado :D

      Beijos!

      Excluir
  15. Eu gosto um pouco de funk mas faz tempo que não ouço nenhum sei lá achei outro estilo melhor não falando mal do funk também mas enfim eu tinha visto isso ai no face e pow fiquei assim meu essa mulher é doida ta quer dançar no baile ta dance ninguém ta impedindo ela mas pra que tirar a roupa mas assim o corpo é dela e infelizmente ela gosta de ser vista assim fazer o que né mas depois fala que ninguém respeita e dá valor mas como se a pessoa faz isso no meio de tanta gente os dançarinos e o MC também erraram se não é que isso foi combinado mas vai saber né...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu, sinceramente, nunca consegui gostar. Na minha visão, as letras ou tem conteúdo obsceno ou simplesmente não tem. De qualquer forma, é só o que penso ^.^
      Acho que ela deveria ter se respeitado e ter feito com que a respeitassem. A mulher tem o direito de vestir o que quiser, mas penso que deve ter respeito consigo própria antes de tudo. Não parece ter sido combinado, mas se foi, acaba se tornando uma falta de vergonha na cara ainda maior. Sim, considerei todos errados em seus determinados pontos.

      Beijos!

      Excluir