Acesse!

Novo Layout + Dicas de Leitura: Depois de um bom tempo sem atualizações, estamos de volta com um novo design e algumas dicas bem legais para livros.

Clique aqui para ler o post

Em Breve!

Inspire-se: Minhas It Girls Favoritas! Escolhi algumas das famosas que mais me inspiram na hora de me vestir para mostrar à vocês.

Clique aqui para ler o post

Em Breve!

30 Tatuagens que eu faria! Gosto muito de tattos e decidi pesquisar algumas fotos bem legais de algumas que eu faria e que podem inspirar vocês também.

Clique aqui para ler o post

Widget

Widget

21 de mar de 2013

Papo sério: Cutting

Hey, angels :) What's up?

Meu. Absolutamente meu.
Quando abri o painel do blogger, descobri que o Mrs. Nightshade já possuía 245 seguidores. 245 anjos me acompanhando! Fiquei tão feliz, vocês nem podem imaginar o quanto! Quero agradecer à todos por isso, viu? Muito obrigada mesmo! Vocês são os melhores leitores que alguém poderia ter!
O assunto da postagem de hoje é bem sério. Foi uma super sugestão que recebi. Alguns dos assuntos já tinha falado, então deixarei o link do post. Mas não podia deixar de falar sobre esse. Vamos lá? Sigam-me os bons!


Automutilação é definida como qualquer comportamento intencional envolvendo agressão direta ao próprio corpo sem intenção consciente de suicídio. Os atos geralmente têm como intenção o alívio de dores emocionais. A forma mais frequente é cortar a própria pele (cutting).
O cutting refere-se a comportamentos onde demonstráveis feridas são auto-infligidas. Uma crença comum diz que esse é um método de busca de atenção, entretanto, isso é um conceito completamente errado.
A maioria das pessoas que se automutilam estão bastante conscientes de suas feridas e cicatrizes, e tomam atitudes extremas para esconde-las dos outros. Eles podem oferecer explicações alternativas para suas feridas, ou tapar suas cicatrizes com roupas. 
Automutilação, nesses indivíduos, não está associada ao suicídio ou para-suicídio. A pessoa que pratica o cutting não está, usualmente, querendo interromper sua própria vida, mas sim usando esse comportamento como um modo de cooperação para aliviar dor emocional e desconforto.

Fonte: [www]


Costumo ouvir todas as opiniões, mas não aceito nenhum tipo de desrespeito com quem pratica o cutting. Duas amigas muito próximas a mim (uma delas não tão mais, só que mesmo assim) já passaram pelo problema. Uma delas, aliás, é minha melhor amiga e eu convivo com isso todo dia. Eu vejo o problema, ela me diz o que sente. Sei como é difícil. Portanto, sem xingamentos, por favor.

"Ah, mas é frescura, é só parar e pronto!"
Não. Não é tão simples assim. Quando uma pessoa começa com o cutting fica quase impossível parar, porque ela se torna dependente daquilo.

"Mas como uma pessoa pode se tornar dependente de algo que a machuca?"


A dor que os cortes provocam não é tão grande quanto a dor que eles estão sentindo por dentro. A dor no coração, a vontade de sumir, o sentimento de que ninguém te compreende, a raiva ao se ver no espelho, se achando fraco e até inútil... Tudo isso é muito maior do que qualquer dor que os cortes aflijam. 
Então, a sensação da lâmina contra a pele causa um alívio, se é que posso dizer, momentâneo. Quando toda aquela frustração voltar, virá mais e mais vontade de se automutilar novamente.

Separei alguns trechos de textos que encontrei na internet de pessoas que passam por isso:
"Eu queria morrer, mas eu sou tão fraca que não tenho coragem nem pra me suicidar."
"Só as lâminas podem aliviar essa dor."
"Eu não quero viver morrendo por dentro."
“Eu já perdi a vontade de viver faz muito tempo.”
"Precisando de lâminas novas."
"Minhas cicatrizes mostram como posso ser meu pior inimigo."
"Eu só queria parar de precisar das lâminas."
Acho que vocês entenderam melhor. Pelo menos espero.


O bullying pode ser a causa. Ninguém gosta de se sentir feio, esquisito, burro, inútil, desprezível... Isso dói. Suas palavras doem muito mais do que qualquer soco, chute ou corte. Então pense muito bem no que vai dizer.
Transtornos alimentares também. Se sentir mal e mais uma vez inútil e/ou desprezível pode fazer com que as bulímicas e as anoréxicas comecem com o cutting. Mas geralmente é uma forma de punição por ter, simplesmente, comido.
A perda de alguém próximo, ver que as pessoas estão de abandonando, a dor de um amor, a frustração do dia-a-dia... As causas podem ser as mais variadas.
Conversei com uma professora minha, que também é psicóloga, e ela me disse que é praticamente impossível parar sozinho. É necessário um tratamento. Conheço pessoas que conseguiram sem esse auxílio, mas às vezes é melhor buscar ajuda. 


Não sei se posso ajudar quem pratica o cutting. Não sei mesmo. Sei que minhas palavras podem não adiantar, podem ser muito pouco perto do que estão passando.
Mas só quero que vocês saibam que, para mim, são todos muito importantes. Deve não ser muito, mas sempre vou estar aqui, não importa o que aconteça. 
Nunca se esqueça que alguém ama vocês. E mais do que isso: nunca se esqueçam de que não é errado ser diferente, não é errado ser único. Não se esqueça de que somos especiais do nosso jeito.
Quem se automutila não é fraco. Eles aguentam o que milhares de pessoas não suportariam nem gritando. Quem pratica o cutting também não é louco. Louco é quem faz alguém sentir tanta dor que até sangrar é melhor.


Vocês devem ter conhecido o caso da Demi Lovato, não é? Uma celebridade que já passou por isso. Ela é minha inspiração. Fiquem e sejam fortes, por favor.
Sei que não é fácil, sei que não é só dizer que vai parar... São inúmeras tentativas, todo o dia é uma luta. Mas também sei que vão conseguir superar, porque vocês são fortes para essa batalha. Vocês vão vencer. Só não desistam... Não desistam de si mesmos.
E caso conheçam alguém que sofre por esse motivo, imploro que não a julguem. Vai ser muito pior. Ofereça ajuda, apoio, amizade! E, por favor, não a deixem. Deem um motivo para ela continuar.


E é isso. Desejo muita, mas muita força à todos vocês. Mais do que já sei que cada um tem.
Os outros posts que citei são sobre Transtornos Alimentares [www] e Suicídio [www]. Podem ler se quiserem.
Se alguém quiser contar a própria história ou desabafar, pode comentar. Como anônimo ou não. Se preferirem, a ask.fm do blog estará sempre lá para qualquer um de vocês que quiser conselho ou só conversar.
Já passaram por essa situação? Conhecem alguém que já passou?
Podem contar pra mim!

Bom, por hoje é só.
Espero que tenham gostado.
Beijos,

Mrs. Nightshade.

44 comentários:

  1. Parabéns Pelos 245 seguidores!
    Visita lá?

    sweetmeninateen.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada *---* Visito sim *u* Mas da próxima vez comente sobre o post, tudo bem?

      Beijos!

      Excluir
  2. Eu acho que isso está se tornando cada vez mais comum hoje em dia...
    Uma vez quase enfiei uma faca na minha barriga,e outra vez o meu priminho tentou arremessar uma na minha cabeça *le eu muito amado por todos*
    Parabéns pelos 245 seguidores!
    Delírios & Rabiscos
    Xoxos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Infelizmente sim :C Asdfgasdfg Mas não foi exatamente intencional, certo? kkk Acho que aí está a diferença. O cutting é caracterizado por pessoas que se machucam por querer, numa tentativa de diminuir a dor emocional.
      Muito obrigada <3

      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, Mrs. Nightshade! << Ou Laura =D

    Nossa. Minha amiga tinha dependência de cutting. Eu ficava com pena dela. Muita pena. A coitadinha foi suspensa do colégio por alguns meses, para se recuperar. Pois ela se cortava na escola, na frente de todos, Ela estava sempre com um estilete na mochila. E se tentassem a tirar ela cortava a pessoa.

    Eu sempre senti pena dela, e hoje ela está pior. Um dia ela perdeu tanto sangue que precisou de doação. Eu não acreditava que alguém teria coragem de fazer algo do tipo. Até eu conhecer ela. Na verdade, quando conheci ela, ela era normal. Simplesmente normal. Até o namorado dela deixar ela. Só sinto por ela.

    Beijos, Sweetie Coconut!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O.B.S: Parabéns pelos 245 seguidores, você merece muito mais! =D

      Excluir
    2. Olá! Minha melhor amiga também. Fazem 5 meses que ela deixou de se machucar :D
      Putz :C Acho que com ajuda logo no começo, essa garota poderia não ter tantos problemas. Ela podia ter parado sem ter chegado a esse ponto. Espero que ela fique melhor, de verdade.

      Beijos!

      Excluir
  4. Realmente, é muito grande o número de pessoas que praticam cutting, e tem outras que levam a vida de boa, mas não apoiam, isso é triste. Tem muitas vezes que eu já quis me matar, nada muito sério, eu tava tão de mal com a vida, que atirei o chinelo no espelho e ele quebrou. Fiquei um mês sem mexer no PC ¬¬
    Resumindo: Se você praticar cutting, você pode até se sentir melhor, apenas pense no amanhã e...Bem, você entendeu.
    Não quero causar a impressão de que sou efusiva, sendo que não sou, mas é que não sou boa para dar dicas, eu só acho que o cutting realmente alivia a dor por dentro, tornando a dor de fora uma ignorada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Pois é, muitas pessoas tem feito isso ultimamente. Acho que as criticas pioram tudo. As pessoas que praticam o cutting vão ficar pior se verem os outros dizendo que elas são loucas e problemáticas.
      Infelizmente, todos nós já tivemos ou vamos ter essa vontade. Mas o melhor que temos a fazer é superar e seguir em frente fortes. Quem pratica o cutting não quer se matar, só quer acabar com a dor...
      Entendi sim ^.^ E é exatamente esse o efeito que os cortes ou outros tipos de automutilação provocam: a dor física alivia - pelo menos um pouco - a dor interior. E

      Beijos!

      Excluir
  5. eu sei como é o julgamento e os sentimentos envolvidos nessas atitudes, pois eu já me auto mutilei, e realmente se torna um vicio, é uma coisa tão fora do controle, só que depois que eu fazia e olhava acabava me arrependendo, e chorava mais ainda,eu ainda tenho marcas por todo o corpo, nas pernas e pulsos, eu costumava andar cheia de pulseiras, mais as vezes alguém acabava vendo,e por mais que se dê desculpas esfarrapadas não tem como não se perceber a mentira por trás, por que eram muitos, eram fundos, uma vez eu tinha acabado de ter uma puta briga com meu ex, tava mal demais, sentia muita a falta dele,tava me sentindo péssima, eu abri a estante e la tinha uns dois litros de Johnny Walker ainda lacrados, eu abri e bebi, tava só em casa, infelizmente, depois fui pro banheiro cortar os pulsos, eram lagrimas em cima de sangue, nesse dia tomei o maior susto da minha vida, o sangue não queria parar de escorrer, foi naquele momento que me toquei, que por mais que odiasse minha vida e que sempre pedisse pra morrer, isso não era o que eu realmente queria, mais graças eu não acertei uma veia, só tinha sido um pouco fundo demais, eu ainda tenho marcas pretas nas pernas,e é quase impossível de se parar quando começa, por que eu comecei com arranhões e depois ja estava fazendo buracos, levei surras da minha mãe pra parar, mais isso não ajudou muito, só me dava mais motivos, quando descobriram meus cortes na escola, todo mundo me apontava e dizia: ó louca, suicida.
    mais ainda bem que superei, foi difícil e levou quase 1 ano inteiro, eu passava de 1 mês sem fazer nada, mais ai acontecei alguma coisa e eu voltava, mais graças a força de amigosss eu consegui superar o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Você é uma guerreira, viu? >.<
      Minha melhor amiga ainda tem as cicatrizes :/ Ela já me fez passar cada sufoco que nem te conto... Mas estou muito orgulhosa dela. Ela merece toda a felicidade do mundo, assim como você :D
      Você passou por um monte de coisas difíceis e ainda está aí :D Tu é uma inspiração pra mim também, um exemplo de força. Hm, acho que não ia ajudar mesmo :/ k Esse tipo de julgamento é a coisa mais idiota que pode existir. Ninguém sabia os seus motivos, sua história... Só apontavam e xingavam. Um bando de idiotas.
      Parabéns por ter conseguido superar :D Você é muito forte! E, mais uma vez, um exemplo u_u

      Beijos!

      Excluir
    2. depois que contei meus motivos pra lais, uma amiga minha da net, ela entendeu, ela disse: " pra que a Demi se temos vc", sério um dia vou criar toda a coragem do mundo pra contar pras pessoas os meus motivos. ownnn vc é uma fofaaa o/

      Excluir
    3. Você é realmente um exemplo, dude <3 Sério <3 Fofa é tu u_u Que além de forte, é humilde >.<

      Excluir
  6. Esse tema é realmente sério, coisas simples, palavras e comportamentos que fazem grandes mudanças.. e na maioria das vezes as pessoas que se cortam ficam nas delas, isso é uma pena :(
    Demi é uma grande inspiração para mim também, eu, como fã, tenho muito orgulho dela, ela é a prova de que tem como superar tal fase.
    Ótimo post!
    Emi.

    The Chata Cherrie
    Like?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Super sério! Exatamente... Como eu sempre digo: palavras machucam muito mais que um soco. Pois é, elas não pedem ajuda... Acho que pedir ajuda é sempre uma chance a mais de melhorar.
      A Demi é uma inspiração para todos nós Lovatics. Um exemplo de força e superação <3

      Beijos!

      Excluir
  7. Oi!
    Esse tema realmente é muito importante. É é triste. Tudo o que você disse é verdade, as pessoas sofrem com isso. Não é tão fácil parar!
    Claro, a Demi é um mega exemplo disso.
    Ótimo post, Laura!
    Aaaahh, Christopher Drew é muiiiiitooooooo lindoooooo!!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sim, é bem importante. E muito triste. Sofrem demais e tem dificuldade de parar mesmo. A Demi é um exemplo para todos.
      E tem uma voz perfeita, o meu Chris <3

      Beijos!

      Excluir
  8. Meus parabéns pelos seguidores!! Você merece!
    Enquanto ao cutting, concordo que não deve ser tão fácil parar de repente. Até porque é uma forma de aliviar a dor. Muitas pessoas recebem críticas por fazerem esse tipo de coisa, mas as pessoas que criticam não sabe por qual motivo aquela pessoa está se cortando.
    Tudo bem que existe outras formas de se "limpar" da dor/problemas, mas as pessoas só acham essa solução, né? É uma pena, porque Deus é bem maior que seus problemas!
    Mas o segredo é ficar forte, como a Demi e buscar ajuda!
    Adorei o post!!

    Beijos!
    Batom De Framboesa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Awwwwwn, muito obrigada >.<
      Pois é, é bem difícil. Geralmente só o tratamento obtêm efeito, mas acho que deve ser possível parar sozinho. Só que é bem mais complicado também.
      Sim, geralmente as pessoas julgam muito. Sabem o nome, não a história. E isso machuca mais ainda quem se automutila. Existe, mas às vezes é a única forma que a pessoa vê para a dor emocional diminuir.
      Sim, Stay Strong! Because we're unbroken <3
      Que bom que gostou >.<

      Beijos!

      Excluir
  9. Nunca fiz isso então não sei bem como é mas deve ser difícil né você querer parar mas não conseguir, a Demi é um grande exemplo de superação procuro ajuda e hoje ta ai uma guerreira, mas nem sempre quem se corta procura ajuda né. Ótimo post !

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Também nunca fiz, mas acompanhei uma pessoa que praticava o cutting de perto. Ela sempre me dizia como se sentia e eu vi como é... A Demi é um super exemplo >.< Sim, procurou ajuda e está conosco até hoje <3 Nem sempre mesmo, mas o melhor é procurar sim ajuda.

      Beijos!

      Excluir
  10. Parabéns pelos seguidores, Lau (posso te chamar assim?-q). Você merece todos os seguidores do mundo, sem exageros. KK
    Eu não me corto, sabe por quê? Todos tem uma saída quando a vida está assim, acho que apelar para se machucar, não vou fazer isso! E outro motivo é que minha vida não é tão ruim.
    Todos precisam se dar bem na vida, respeitando uns aos outros. Não queria que essa coisa de "cortes nos pulsos" existisse. Acho que se você está sofrendo, fale com alguém.
    Mesmo triste esta postagem, ficou ótima!
    Beijos, Blog da Bia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada, anjo *-* Claro que pode :D Agradeço de coração <3
      Talvez não seja apelar, talvez seja só... Não suportar mais. Chega uma hora que a dor é tão grande que não dá mais pra aguentar. O cutting foi a única forma que muitas pessoas encontraram apenas para tentar aliviar o sofrimento que sentem.
      Também não gostaria. Todos merecemos ser felizes, sem julgamentos ou críticas. É difícil falar, quando sabemos que existem pessoas prontas para se afastar e xingar. Mas espero que todos que praticam o cutting consigam ajuda o mais cedo possível.
      Que bom que achou >.<

      Beijos!

      Excluir
  11. Parabéens pelos seguidores,está recém no começo de vários e vários seguidores !!
    beeeijos
    http://princesas-de-all-star-official.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Awwwwn, muito obrigada <3 Agradeço de coração, viu? >.<

      Beijos!

      Excluir
  12. Está virando comum hoje em dia, uma coisa que antigamente era vista como uma doença ou um transtorno psicológico, agora é uma coisa normal, e a maioria das pessoas com quem acontece isso acham somente esta forma de se sentir melhor, aliviada... Até entendo quando algumas pessoas se sentem assim, quem nunca se sente? Sozinha, sem companhia, sem ter alguém com quem conversar, sem ter que te julgar e apenas te compreender, não entendo por completo pois nunca passei, nem nunca conheci alguém que passe, mas devo imaginar como é. Uma dor horrível e um grande vazio no lugar do seu coração, lágrimas a toda hora caindo sobre seu rosto, olhos inchados e vermelhos e o pior, não ter com quem conversar, se expressa e pedir conselhos. Sei que a pessoa tem a opção de ficar sofrendo, ou ir ao médico, mas deve ser muito difícil. Você conversar com uma pessoa desconhecida, mesmo sendo um especialista coisas pessoais, que te atormentam e te deixam mal, deve ser realmente muito ruim e muito doloroso.
    Parabéns pelos 245 seguidores, que você aumente a cada dia. Posso tratar deste assunto no meu blog? Mas, com créditos e não reblogando sua postagem.
    Beijos
    http://coffein-paris.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sim, está :/ Ainda é visto como doença, mas se tornou super comum entre os adolescentes. A dor emocional é muito pior do que a dor física. O sangue escorrendo não é nada comparado à todos esses sentimentos.
      Eu entendo por causa da minha melhor amiga. E por causa da Demi. Acompanhei as duas, de jeitos diferentes (obviamente), mas acompanhei.
      É bem difícil contar para alguém e buscar ajuda, porque normalmente essas pessoas pensam que serão julgadas, tachadas de loucas e tudo mais. O que piora a situação.
      Obrigada <3 Pode sim :D É só não se esquecer dos créditos :D

      Beijos!

      Excluir
  13. Bom nunca me cortei,mas sei como deve ser díficil.Tenho uma amiga(minha prima de coração)q um dia me perguntou oq eu achava das pessoas q se cortam,oq eu diria para ela se ela se cortasse,etc..
    Eu dei um monte de conselhos á ela,um monte mesmo,disse q ela não precisava fazer isso q ela podia contar comigo e q eu amava ela e etc...Eu realmente acho q ela queria se automultilar e que se eu não tivesse dito isso,ela teria cometido um grande erro.As vezes uma simples palavra de amor muda tudo,eu espero ter ajudado ela.
    P.S: Parabéns pelos 245 seguidores,você e o seu blog merecem muito =D
    Kisses :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Também nunca fiz nada do tipo. Poxa, que situação difícil. Fico muito feliz MESMO em saber que você não a julgou e sim aconselhou. Uma atitude linda da sua parte, espero apareçam mais pessoas como você no mundo para ajudar quem sofre desse problema. Enquanto uma palavra derruba, um abraço reergue. É o que eu sempre digo :3
      Obrigada, anjo <3

      Beijos!

      Excluir
  14. SEM PALAVRAS.
    mesmo Laura.
    Sabe oque é você se sentir um lixo todo dia? Você acordar pensando que sua vida é uma rotina sem fim, aonde todos vão lhe julgar cada dia mais?
    Passar por isso não é fácil, e falar disso também não. Ainda mais como se fosse algo comum.
    Passo dias chorando pelo meu corpo, por mim, pelo meu jeito, pelas minhas amizades, pela minha friendzone, POR TUDO.
    Ás vezes eu sou forte á ponto de conseguir guardar a lâmina novamente, mas ás vezes é tão díficil...
    É como você disse, não é fácil parar.
    Eu tenho medo de nunca conseguir, não quero buscar ajuda, mas tenho medo de acabar fazendo algo com minha vida algum dia.
    Pratico cutting desde o ano passado, e é díficil desabafar, mas eu lhe agradeço demais pela postagem, você descreveu coisas que eu acho que nunca consegui dizer.
    Minhas amigas da escola dizem que eu sou louca, que quem faz isso é gente idiota que não tem oque fazer, e que a Demi é uma bosta porque " eu também já fui odiada mas nunca me cortei " e isso dói em mim, me sinto pior do que já sou.
    Vou mostrar isso pra essas pessoas, e espero que um dia elas me entendam :c

    Obrigado mesmo <3 foi nada fácil escrever esse comentário e descrever de uma forma banal tudo que escrevi, AH, parabéns pelos seguidores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! :')
      Sei sim e sei como é difícil. Falar é bem complicado MESMO. Nunca passei por isso, mas já passei por outro tipo de coisa e sei que dói demais.
      Já fiz exatamente a mesma coisa, mas minhas lágrimas acabaram. Chega uma hora que elas acabam, pelo menos pra mim. Teve uma hora que não consegui mais chorar, não consegui mais sentir. Então é isso, virei a coisa fria que sou hoje.
      Minha melhor amiga dizia a mesma coisa, ela tinha uma caixinha de lâminas e era tão difícil para ela simplesmente encostar nelas só pra guardar em outro lugar...
      Pedir ajuda também não é fácil, acho que principalmente pelo medo de julgamentos. É possível sim parar sozinho, mas é mais complicado.
      Hoje em dia, minha melhor amiga tem 14 anos. Ela fazia dês dos 9. Tem 5 meses que ela não faz absolutamente nada. Para mim, ela é um ORGULHO. E você também é, viu? >.<
      Fico feliz de ter conseguido, pelo menos um pouquinho, expressar algo certo.
      Como disse no post: louco é quem faz alguém se sentir tão mal que sangrar dói menos. Isso é ser louco. Você não é louca, não é fraca. Você é uma guerreira, nunca se esqueça disso. Elas irão. E se não entenderem, é porque não merecem sequer sua atenção.
      De nada, anjo <3 Muito obrigada <3

      Beijos!

      Excluir
  15. Acho q nunca tive amigos q sofressem disso, e eu tbm n, mais como te disse na ask, me sinto igual a essas pessoas, espero q algum dia todas elas possam ter alguém com quem contar, e obg pelos conselhos no ask, vlw msm!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom saber disso >.< E é como eu te disse: se as pessoas tem te feito mal, é porque não merecem sua confiança, amizade e atenção. Também espero! Desejo muito que alguém as ajude. De nada, conte comigo para o que der e vier ;)

      Beijos!

      Excluir
  16. Parabéns pelos 245 seguidores! Que agora são 246 hahaha'
    Sabe, eu nunca tive amigos desse tipo, e nunca quero ter rs'. Eu acho isso horrível! Não significa só machucar o seu corpo, mas significa machucar a sua própria alma. Algumas pessoas acabam se machucando "sem querer". Mas tem certas pessoas que tipo: "gostam" de se machucar...e isso é horrível. Me dá nervoso só de pensar!
    Mas sempre que "tentarmos" fazer isso, mesmo se for "sem querer" ou por querer mesmo temos que pensar corretamente. Porque isso acabará nos prejudicando no futuro!
    Ótimo post!
    Beijos...post novo, comenta?
    julia-presente-de-deus.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada *-* Sim <3
      Eu já e não é fácil. As pessoas que praticam o cutting já estão com a alma machucadas. Um corte não dói quase nada comparando com a dor que sentem por dentro. Não é "gostar", é "se tornar dependente". A dor nelas é tão grande que se aliviam se automutilando. É tanto sofrimento, é tanta dor... As pessoas que praticam o cutting tem consciência disso, mas tudo o que querem é parar acabar com a dor.
      Que bom que gostou >.<

      Beijos!

      Excluir
  17. Uma das minhas melhores amigas sempre vinha com os pulsos cortados para a escola,ela tinha uns 8 anos na altura,tinha perdido a mãe e o pai e vivia com o avô (ele não era muito boa influência -.-) e sofria de bullying,e ela começou a evitar todo o mundo, até que a nossa professora viu as cicatrizes nos pulsos e ela foi na Psicóloga. Ela demorou 4 anos a estabilizar e parar com o cutting... Eu fiquei com muita pena dela na altura, isso é coisa séria mesmo.

    wonderlandtimee(blogspot_com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Poxa, que triste :C Uma garota que passou por muita coisa, realmente. Fico feliz que ela esteja melhor e parado com o cutting. É super sério.

      Beijos!

      Excluir
  18. Fiquei surpresa ao saber que se cortar pode se tornar um vício.
    Sou totalmente contra o Cutting, seja ele para fazer aquelas modinhas ou para se ferir.
    Quando digo modinhas, me refiro a cortar letras em seu braço para que cicatrizam e virem palavras.
    Isso é totalmente errado, mil vezes pior do que pintar o cabelo com papel Crepon, hahahah.
    Mas, brincadeiras a parte, sou fãnzasa das pessoas que conseguem superar o Cutting, Baby_Monster, tu é uma guerreira! :D
    Emfim, estou meio sem tempo...
    Mas gostei bastante do assunto do post.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Pode sim, um vício enorme.
      Também sou contra. Algumas pessoas realmente usam o cutting para modinhas, como "Cut 4 Bieber" e tudo mais. Acho um desrespeito, porque é um assunto sério.
      Acho que só eu nunca pintei o cabelo com papel crepon o.O kkk
      Somos duas o/ Quem consegue superar isso é simplesmente um exemplo. Com certeza é :D <3
      Fico feliz que tenha gostado :D

      Beijos!

      Excluir
    2. Eiiii -q
      Nunca pintei meu cabelo também :@
      Ehauehuaeh

      Excluir
    3. Uhul, somos duas \o/ Porque né, pintar com papel crepon é a cara da rhyqueza -sqn
      Só pinto se for no cabeleireiro ^.^

      Excluir
  19. Olá, quero dizer que você tem um blog incrível. Gostei muito! As postagens são muito interessantes e o blog é bem receptivo (adorei a animação). Parabéns pelos seguidores, pelo visto, você os merece de verdade!

    ResponderExcluir
  20. Lu disse:
    Eu já pacei por isso, e sei ben como é. As peçoas te criticando o tempo todo, te olham muitas com pena, outras mt indiguinadas, te dizem "tu é doente", e isso só piora. Comigo foi assim, enquanto as peçoas não paravam de me reprender pelo q eu fazia eu continuava, o sangue era um premio pra mim, ver ele saindo quente de baixo da lamina já era um tezouro, mas q devia ser escondido, pq cada gota era preciosa.../ Qdo minha mãe e os outros pararo de me inxer, por causa dos cortes, automaticamente eu parei de fazer... Mas ainda gosto de ver o sangue... "A dor é como uma adrenalina.../ A dor é como uma adrenalina pra mim." ( Da música Stan- Eminem feat. Dido).

    ResponderExcluir